noticias / VALE SÃO PATRÍCIO / 25 Anos do Coral Ad Gloriam
VALE SÃO PATRÍCIO

25 Anos do Coral Ad Gloriam

Com muita animosidade e satisfação os integrantes do Coral Ad Gloriam (COAGLO) de Ceres, realizaram, no dia 21 de setembro de 2019, às 20h00m no Centro Cultural em Ceres, um grande concerto comemorativo concernente aos seus 25 anos de existência.

O Coral Ad Gloriam, foi criado em 16 de setembro de 1994 com o intuito de divulgar o canto coral em Goiás e também fora dele. E assim, durante todo esse período de atividades, já foram realizados diversos concertos de gala, inúmeras apresentações pelas cidades do Vale do São Patrício e em outros estados, como Minas Gerais, Mato Grosso, Tocantins, Brasília e também em San Matias (Bolívia).

Assim, zelando pela valorização e difusão artística do canto coral e defendendo os mais altos ideais da arte e da música, houve no último concerto a audição de clássicos da música popular brasileira e eruditas. Entre os compositores haviam: Pixinguinha e João de Barro, Antônio Carlos Gomes, Milton Nascimento, Huberty Parry, Richard Wagner, Johan Sebastian Bach e trechos da Missa em Ré Menor do compositor ceresino Sebastião Rodrigues de Oliveira. Ademais, foram cantadas canções do folclore americano e brasileiro.

O Concerto foi marcado por fortes emoções. Cada música executada avocava sentimentos diversos. Mas não somente isso. Houve muita comoção quando o Maestro Sebastião Rodrigues de Oliveira passou a batuta para o novo diretor e condutor do Coral, o professor Edson Donizeti Marra Junior. Segundo o Maestro Sebastião havia chegado o momento de repassar o comando do coro para outra pessoa, afinal de contas, foram 25 anos na direção do grupo. Enfatizou o que estava fazendo citando a os versos de São Paulo: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé”.

O professor Edson Marra é integrante efetivo do Coral há mais de 10 anos. Mesmo durante o período em que esteve residindo fora, para fins de sua capacitação profissional, a saber de matemática e de música, nunca deixou de participar e colaborar para o bom andamento do grupo. Além disso, têm experiência com outros corais.

Edson Marra ao receber a batuta, que foi entregue pelo diretor geral do Instituto Federal Goiano, o professor Dr. Cleiton Matheus, falou sobre a responsabilidade que estava “herdando”. Segundo ele “com a batuta ele também tinha herdado muita responsabilidade de um trabalho extremamente sério e sutil, um trabalho imbuído de paciência e amor para com o próximo e, sobretudo, de muito empenho na propagação cultural do canto coral”.

Conforme os participantes, o concerto foi um verdadeiro espetáculo. Basta ver que na plateia haviam, segundo o conhecimento dos maestros, pessoas de Goiânia, Anápolis, Rianápolis, Uruana, Carmo do Rio Verde, Rubiataba e Santa Isabel. No fim da apresentação, com todo o auditório em pé, a plateia uniu-se ao coro e cantou “Parabéns” ao COAGLO.

Aproveitando o ensejo, comunicamos que estamos com vagas para novas vozes (masculinas e femininas). Os interessados devem entrar em contato com o professor Edson Marra através do telefone: (62) 99178-8761.

...