noticias / VALE SÃO PATRÍCIO / Rialma: Clube abandonado virou criadouro de mosquito da dengue
VALE SÃO PATRÍCIO

Rialma: Clube abandonado virou criadouro de mosquito da dengue

Em Rialma, o clube que ninguém cuida virou criadouro do mosquito aedes aegypti. Hoje as piscinas sujas são os maiores problemas do Clube da Telegoiás no centro de Rialma.

A reportagem do JORNAL DO VALE, flagrou as duas piscinas existentes no local, uma adulto outra infantil reservam o líquido em um contexto de epidemia de dengue Rialma, já que estão verdes suas águas. O clube que já foi muito frequentado está fechando há bastante tempo e hoje se tornou ambientes muito próprios para que o mosquito de reproduza.

Conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), o município de Rialma com uma população de 10.896 habitantes, registrou parcialmente 418 casos de dengue em 2019 até a semana 27, considerado médio risco. Os números são altos em relação a Ceres por exemplo, que registrou parcialmente 677 casos com a população de 22.074 habitantes no mesmo período considerado baixo risco.

O JORNAL DO VALE entende, que os agentes de controle de endemias devem fazer urgentemente aplicação de inseticidas e larvicidas tanto para eliminar as larvas quanto o mosquito adulto no clube, na intenção de evitar a infecção de mais pessoas na cidade, já que o município de Rialma não está fiscalizando o local.

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Rialma e com a Secretaria Municipal de Saúde, mas as ligações não foram atendidas, provavelmente, por ser feriado municipal em decorrência do aniversário dos 66 anos da cidade. O espaço está aberto para caso queiram manifestar sobre o noticiado.

...