noticias / UTILIDADE PÚBLICA / Saneago lança programa para negociação de débitos com desconto de até 98%
UTILIDADE PÚBLICA

Saneago lança programa para negociação de débitos com desconto de até 98%

Na última segunda-feira (26), a Companhia Saneamento de Goiás S.A. (Saneago) lançou a nova edição do Sanear. O programa é voltado para clientes que possuam débitos relacionados à prestação de serviços de abastecimento de água e/ou esgotamento sanitário, vencidos até o mês de julho de 2017. Todos os clientes da categoria particular e pública, com pendências até esse período, podem procurar as agências de atendimento da Companhia nas unidades do Vapt Vupt, para negociarem os seus débitos. 

Para aqueles que optarem pelo pagamento à vista o desconto é de 98% sobre os valores de multa e juros, incidentes nas faturas até a referência 07/2017. O programa também oferece a possibilidade de pagamento parcelado, nessa modalidade o cliente recebe um desconto progressivo variando entre 50% e 70% sobre os valores de multas e juros, de acordo com o número de parcelas, mediante o pagamento de 10% do valor como entrada, desde que este valor não seja inferior a R$ 100,00 (categoria particular) e R$ 500,00 (categoria pública). O parcelamento pode ser feito em até 60 meses, corrigido por juros de 1% ao mês.

O valor histórico total dos débitos pendentes com a Companhia, que poderá ser negociado durante a vigência do programa Sanear de 2018, está em torno de R$ 290,5 milhões, sendo que cerca de R$ 229,7 milhões são de clientes particulares e R$ 60,8 milhões, da categoria pública. O objetivo do programa é possibilitar aos clientes a regularização do pendente com a Saneago, reduzindo a inadimplência e os gastos com processos judiciais. A meta da empresa é negociar em torno de R$ 3 milhões do débito pendente, sendo R$ 1 milhão à vista e R$ 2 milhões, parcelado.

A negociação à vista poderá ser feita pelo proprietário do imóvel ou por terceiro interessado, com apresentação dos seguintes documentos pessoais: cédula de identidade, CPF e telefone de contato. Em caso de parcelamento, a negociação poderá ser feita pelo proprietário do imóvel, com apresentação dos seguintes documentos pessoais: cédula de identidade, CPF, telefone de contato e documento que comprove legalmente a propriedade (escritura, recibo ou contrato de compra, termo de posse) ou pelo cliente que não seja proprietário do imóvel, munido de procuração por Instrumento Público com poderes específicos para a negociação de débito.

...