noticias / TRÂNSITO / PRF alerta sobre a importância do cuidado nas rodovias no mês de julho
TRÂNSITO

PRF alerta sobre a importância do cuidado nas rodovias no mês de julho

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem flagrado infrações de trânsito recorrentes nas rodovias que cortam o estado, mesmo diante da pandemia, em que muitos destinos turísticos de Goiás estão fechados. A PRF alerta que no mês de julho a atenção deve ser redobrada, principalmente, por parte dos condutores. 

Um ponto destacado pela corporação é o tempo seco, propício para o alastramento de queimadas na vegetação às margens da rodovia, fato que prejudica a visibilidade e exige reação adequada dos motoristas, segundo a PRF. “Ao se deparar com fumaça na via, reduza a velocidade, feche os vidros e as entradas externas de ar e siga viagem, evitando parar no meio da cortina de fumaça”, informa.

A polícia também reforça que, caso os viajantes vejam alguém ateando fogo às margens das BRs, denunciem imediatamente por meio do telefone de emergência: 191.  A aparição mais frequente de animais na pista é outra consequência causada pelas queimadas. Deste modo, os agentes orientam: “não dirija cansado e se puder, evite viajar no período noturno, quando a visibilidade fica ainda mais prejudicada”.  

Os dados da PRF informam que nos últimos dois meses de julho (2019 e 2018), 246 condutores foram impedidos de dirigir nas rodovias federais goianas por estarem alcoolizados. Neste ano, já nos primeiros dias do mês, dez motoristas foram flagrados nessa situação. A corporação relata que o mês de férias é o momento em que muitos motoristas insistem na perigosa mistura de álcool e direção.

Em julho de 2019, a PRF atendeu 208 acidentes, que causaram 22 mortes e deixaram 260 feridos. Em 2018 foram 201 acidentes, com 17 mortes e 216 feridos nas BRs goianas. Na primeira semana deste mês, 33 acidentes aconteceram nas rodovias federais, sendo 39 pessoas feridas e 6 mortes.

A PRF alega que esses acidentes podem ser ocasionados por diversas condutas perigosas, desde ultrapassagens indevidas até a não utilização do cinto de segurança. Nos últimos dois meses de julho, a polícia flagrou 1.768 pessoas sem o cinto de segurança e 1.888 ultrapassagens indevidas. 

Evite acidentes:

Evite ultrapassagens e mudanças de faixas;

Sinalize todas as intenções de manobras;

Reduza a velocidade gradativamente;

Mantenha uma distância segura dos demais veículos;

A fumaça e a neblina reduzem a visibilidade, elas escondem perigos como animais soltos, veículos parados no acostamento ou até mesmo motoristas na contramão de direção, portanto, redobre a atenção.

Siga nosso Instagram - @jornaldovale_ceres

Jornal do Vale - Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 - www.jvonline.com.br

 

...