noticias / PLANTÃO POLICIAL / PF investiga fraudes em recursos destinados ao enfrentamento à covid-19 em oito Estados e DF
PLANTÃO POLICIAL

PF investiga fraudes em recursos destinados ao enfrentamento à covid-19 em oito Estados e DF

Na manhã desta quinta-feira (13), a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão com o intuito de combater fraudes no uso de recursos destinados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19.

A suposta organização criminosa estaria sediada no estado de Roraima, mas a PF cumpriu mandados em Goiás, Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pará, Roraima, Santa Catarina e no Distrito Federal.

Em Goiás, a Polícia Federal cumpriu três mandados de busca e apreensão. As buscas foram realizadas em uma distribuidora de medicamentos e duas residências de empresários suspeitos.

Segundo apontam as investigações, contratações suspeitas de irregularidades envolveriam aproximadamente R$ 50 milhões, que seriam utilizados na aquisição de insumos médico-hospitalares básicos, respiradores, testes rápidos, material informativo impresso e leitos em hospitais particulares.

As investigações sugerem que o grupo se aproveitava da possibilidade de contratações diretas, em razão da pandemia, para facilitar os crimes.

O inquérito policial indica que um ex-secretário de saúde de Roraima, enquanto no cargo, teria se articulado com um deputado estadual e direcionado contratações para empresas integrantes do esquema.

Ainda não há informações detalhadas sobre como funcionariam os braços do esquema em Goiás.

Em Roraima, um deputado estadual supostamente envolvido, solicitava a servidores que dessem andamento aos processos e pagamentos de seu interesse, inclusive cobrando pagamentos antecipados destinados às empresas do esquema. Um ex-deputado estadual também é investigado. Nomes não foram revelados.

As contratações não seguiam ordem cronológica. Assim, processos mais antigos seriam preteridos em favor dos interesses do grupo. Além disso, o trâmite concentrado em único setor da Secretaria de Saúde, sem qualquer transparência ou publicações.

As investigações seguem em andamento.

Siga nosso Instagram - @jornaldovale_ceres

Jornal do Vale - Um jornal a serviço da nossa região, desde 1975 - www.jvonline.com.br

...