noticias / PLANTÃO POLICIAL / Ceres: Identificados os dois suspeitos mortos durante confronto com a polícia
PLANTÃO POLICIAL

Ceres: Identificados os dois suspeitos mortos durante confronto com a polícia

Na manhã de ontem (5), houve um tiroteio na Rua Jardim das Palmeiras no setor Jardim Petrópolis em Ceres, que deixou duas pessoas mortas. Os dois suspeitos mortos durante confronto com a polícia foram identificados como Marcos Antônio Rodrigues do Nascimento e Luiz Felipe Neves Rezende.

O crime

Uma loja de celulares da Oi, foi vítima de tentativa de assalto na manhã de ontem (5).

No momento do crime, dois criminosos entraram no estabelecimento, recolherem os aparelhos celulares e fizeram funcionários de reféns. A polícia conseguiu impedir o assalto, libertou os funcionários, prendeu os dois homens que entraram na loja e um terceiro indivíduo que estava do lado de fora dando suporte no crime.

O Comando do Policiamento Especializado (CPE) de Anápolis e o Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) de Ceres atuaram no caso. Conforme as forças policiais, cinco pessoas estavam atuando no roubo à loja, sendo que, além dos três presos, duas pessoas estavam dando suporte logístico em uma residência no Setor Jardim Petrópolis.

Por volta de 12h00 os policiais deslocaram até a residência onde supostamente os outros dois homens estavam dando suporte ao crime, onde houve troca de tiros entre os suspeitos e os policiais. Os dois homens que estavam na casa foram alvejados e mortos.

Conforme a polícia, os três suspeitos presos são de Anápolis, eles foram autuados na Delegacia de Polícia Civil e deverão ser encaminhados para a cidade. A operação ainda resultou na apreensão de três armas de fogo, celulares e drogas.

Os presos pela polícia foram identificados como Guilherme Coelho Camargo, Gustavo Neves de Sousa e Thiago Frederico de Almeida Melo, essa último é motorista de UBER. Todos eles confirmaram ao delegado da Polícia Civil (PC), Matheus Costa Melo, que pouco antes do confronto os suspeitos estiveram na residência, onde os dois que vieram a óbito. De acordo com a PC, foram eles que passaram informações sobre a loja a ser assaltada.

Todos os três foram autuados em flagrante por tentativa de roubo majorado pelo concurso de pessoas e emprego de arma de fogo e por associação criminosa.

Apenas uma arma de fogo foi apreendida com os presos e duas outras armas na casa onde aconteceu o confronto e foram encontradas também drogas. Os corpos dos criminosos que vieram à óbito foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Ceres para os procedimentos de praxe.

Luiz Felipe Neves Rezende

...