noticias / PLANTÃO POLICIAL / Madrasta agredida por enteada tem morte cerebral confirma pelo Huana
PLANTÃO POLICIAL

Madrasta agredida por enteada tem morte cerebral confirma pelo Huana

A jovem Ivone Sonara Pereira Nunes, de 28 anos, que foi espancada pela enteada na última terça-feira (06/02), teve a morte cerebral constatada pelo Hospital de Urgência de Anápolis (Huana). A vítima foi internada em estado gravíssimo depois de ser agredida na cabeça com um martelo pela adolescente A.L. de 15 anos, quando estava dormindo em sua residência no Bairro Industrial Munir Calixto em Anápolis.

Conforme a polícia, a jovem teria agredido Ivone por vingança, após a dona de casa ter confiscado o aparelho celular da adolescente. Ainda de acordo com a polícia, a adolescente pretendia matar o pai que não estava em casa no momento do crime. Segundo o hospital, Ivone, que é funcionária do Hospital de Queimaduras de Anápolis, sofreu traumatismo craniano encefálico.

Depois de agredir a madrasta, a adolescente chamou alguns parentes e contou que tinha encontrado a casa naquela situação, tentando simular que bandidos haviam entrado na casa, porém a adolescente acabou entrando em contradição. A Polícia Militar (PM), acabou descobrindo que a própria adolescente teria agredido a madrasta. De acordo com pessoas próximas à família, a mãe da adolescente teria entregado ela ao pai por não conseguir controlá-la.

...