noticias / ESTADO / Em Goiás, detentos fazem máscaras cirúrgicas para servidores da Saúde e da Segurança
ESTADO

Em Goiás, detentos fazem máscaras cirúrgicas para servidores da Saúde e da Segurança

Um grupo de detentos em três presídios de Goiás estão costurando máscaras cirúrgicas que serão doadas a equipes de Saúde e Segurança. Eles já fizeram 3 mil unidades, ajudando a suprir a demanda pelo produto, que vem crescendo por causa da pandemia do coronavírus. A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) deu a tarefa a cerca 35 presos no total, mas espera aumentar o número para 50 até quinta-feira (26).

As máscaras estão sendo costuradas por detentos em Aparecida de Goiânia e em Orizona. A DGAP disse que essas unidades foram escolhidas porque são locais onde já há polo de confecção.

A matéria prima para fazer as máscaras é doada pelo Sindicato dos Servidores do Sistema de Execução Penal do Estado de Goiás (Sinsep-GO) e empresas conveniadas à DGAP.

De acordo com o planejamento da Diretoria-Geral, as próximas unidades a receberem a iniciativa são Luziânia e Quirinópolis. A meta é fazer com que a produção chegue a 500 máscaras por dia.

Jornal do Vale, desde 1975 – http://jvonline.com.br/

...