noticias / Acidente / Ceres: Cinco adolescentes ficam feridos após serem arremessados de brinquedo instalado na FEICER
Acidente

Ceres: Cinco adolescentes ficam feridos após serem arremessados de brinquedo instalado na FEICER

Na madrugada de hoje (26), por volta de 02h00, um acidente no parque de diversões instalado na Feira da Indústria e Comércio de Ceres e Rialma (FEICER) em Ceres, deixou cinco adolescentes feridos.

Conforme informações preliminares, os adolescentes estavam em um brinquedo chamado Surf, que teve uma pane, que teve a velocidade do brinquedo aumentada e a trava de segurança do mesmo acabou quebrando, desta forma, os cinco jovens foram lançados do equipamento.

Todas as vítimas foram socorridas por equipes do Corpo de Bombeiros e encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Ceres, e de acordo com informações, uma das vítimas em estado mais grave e foi transferida para o Hospital de Urgências de Anápolis (HUANA). A Polícia Civil (PC) já começou a ouvir os responsáveis pelos brinquedos do parque.

 

Atualização

O acidente ocorrido, deixou quatro adolescentes feridas e não cinco como noticiado anteriormente. Uma das vítimas, identificada como Isabella do Amaral, tem estado de saúde gravíssimo. Ela tem 16 anos e sofreu politraumatismo (traumatismo no tórax e craniano). Isabella foi encaminhada para o HUANA (Hospital de Urgências de Anápolis), onde já passou por uma cirurgia.

Outra vítima no Tecno Park em Ceres foi Thalia Pires da cidade de Nova Glória que disse que o operador acelerou o brinquedo que ela estava (Surf). Ela explicou que em um dos giros, ela quase caiu juntamente com a amiga. Thalia comentou que achou que o brinquedo estava parando, quando deu um giro ao contrário, foi nessa hora que ela caiu.

Mariane Oliveira Dias disse que nunca imaginava que isso iria acontecer. Na primeira volta que deu no brinquedo, ela percebeu que estava solta a barra de segurança, e ela e a Tatiele, começaram a gritar pedindo para que parasse o brinquedo, mas o operador não ouvia. No entanto, em uma outra volta mais intensa do aparelho, a mesma caiu e disse não lembrar de mais nada, mas antes de cair, elas percebeu que a barra de segurança não estava encaixada.

A jovem Tatiele Carvalho Evangelista, contou que sentiu muito medo, achou que iria cair, pois segundo ela, o Surf girava muito rápido, tentava segurar, gritava mas ninguém ouvia, ela estava apavorada. Ela mencionou que quando entrou com a amiga Mariane, o operador travou a barra, mas quando as outras duas, Thalia Pires e Isabela pediram para brincar. Tatiele, contou que o operador somente fechou a barra, mas não a travou. Na hora Tatiele, disse que não ficou atenta, só depois da primeira volta que ela percebeu que estava solta.

As quatro caíram e todas tiveram lesões, sendo que o caso mais grave foi de Isabela do Amaral Vieira, que está internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital HUANA em Anápolis.





...